O exame toxicológico e a segurança no trânsito

Exame toxicológico em dia aumenta a segurança no trânsito, pois tem como objetivo identificar a presença de substâncias psicoativas no organismo dos motoristas.

Desde março de 2016 está em vigor a exigência legal do exame toxicológico de larga janela de detecção para motoristas das categorias C, D e E (caminhões, ônibus, carretas e vans).

Através da análise laboratorial da queratina, com a coleta de cabelos, pêlos ou unhas, é possível identificar o uso de drogas no mínimo nos últimos 90 dias. Ou seja: os motoristas habilitados nessas categorias, devem fazer o exame toxicológico periódico a cada 2 anos e 6 meses.

O exame toxicológico, então, passou a ser uma ferramenta essencial para tornar a estrada mais segura. Foi registrada queda de praticamente 30% na renovação das habilitações nas categorias alcançadas pela exigência.

Sem dúvidas, fato sem precedentes na história dos Detrans brasileiros. Dados mostram que cerca de 3 milhões de motoristas estejam em situação irregular.

O motorista terá uma multa, de R$1.467,35, além de ter o direito de dirigir suspenso por três meses.

Cumprir a lei só traz benefícios. Segurança para todos na estrada!

Compre o seu exame on-line pelo www.sodretox.com.br

Gostou do Conteúdo? Compartilhe em suas redes social!

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
E-mail

Assine nossa Newsletter